Neste tutorial vou mostrar 4 tipos de canetas para treinar brush lettering.
Apesar de serem diferentes, elas podem chegar no mesmo efeito de lettering, assim você pode escolher o material que mais se adaptar.

As canetas que usei foram:

  • 1 – Caneta gel: ponta redonda, tinta com boa cobertura.
    Legal para fazer faux calligraphy, sobrepor cores, fazer brilhos no lettering
  • 2 – Caneta ponta pincel Le Pen Flex: possui a ponta em formato de pincel, ponta bem pequena e firme, mais fácil de controlar.
    Legal para fazer brush lettering. Como a ponta é pequena e firme, é possível fazer lettering pequeno.
  • 3 – Caneta ponta pincel koi: ponta grande, flexível e de feltro, variedade enorme de cores. Tinta à base de água.
    Legal para fazer brush lettering com maior e mais variação entre traço fino e grosso, por ter a ponta mais flexível é um pouco mais difícil de controlar, porém com um pouco de treino dá para criar letterings lindos e cheios de efeito. Não se preocupe que mais abaixo disponibilizei uma folha de treino e vou mostrar como usá-la.
  • 4 – Caneta 2 pontas – ponta pincel e ponta fina: A ponta pincel é grande, flexível e de feltro. A outra ponta é fina e rígida. Tinta à base de água.
    Lega para fazer brush lettering com a ponta pincel e fazer detalhes com a ponta fina, como volumes e floreios.

Agora vamos ao treino!

 

Folhas de treino para baixar

Baixar printable grátis - treinamento 1 - Traços

Baixar printable grátis - treinamento 2 - Minúsculas

Baixe o printable grátis - treinamento 3 - Maiúsculas

 

Como treinar usando as canetas

Dicas importantes antes de ver o vídeos com o treino:

1 – O que caracteriza o brush lettering são as variações de espessura ao escrever cada letra. Conseguimos isso com a pressão que aplicamos ao subir e ao descer cada traço que fazemos. Basicamente, quando sobe o traço é fino e quando desce o traço é grosso, como mostra na imagem seguinte.

Caso queira uma explicação mais detalhada sobre bursh lettering você pode ver aqui: https://www.acraft.com.br/brush-lettering-dicas-freebie-gratis/

2 – Para canetas que não possuem a ponta tipo pincel, podemos usar uma técnica que chama caligrafia falsa (faux calligraphy), na qual os traços grossos são simulados como na imagem abaixo.

Para saber mais sobre a caligrafia falsa é só ver aqui: https://www.acraft.com.br/caligrafia-falsa-decorar-bullet-journal/

Agora é só ir treinando seguindo o vídeo:

 

O que você achou?
Quer conhecer mais algum outro material? Deixe aqui nos comentários.

Um abraço!

 

 

Deixe uma resposta