Skip to main content
0

Como aprendi a costurar…

Por 20 de novembro de 2012Patchwork e suas técnicas

Muitas pessoas me perguntam como eu comecei a costurar! Você pode não acreditar, mas foi muito sem querer! Minha mãe adora bater pé na rua, como ela não dirige, vai à todos os compromissos à pé. Ela sempre passava na frente de um atelier de patchwork e forração de caixa e ficava namorando os projetos expostos na vitrine. Eu sempre achei que costura não era para mim, pois eu sou meio estabanada para algumas coisas, e portanto, nem sonhava em aprender a costurar. Durante as férias da faculdade, quando eu ainda não estava trabalhando, minha mãe me convenceu a fazer o curso de forração de caixas! Adorei o curso, o ambiente era muito aconchegante, as professoras muito receptivas e pacientes, tinha até chazinho da tarde para agente papear um pouquinho! Conversa vai, conversa vem, e no fim das contas, a professora de patchwork me convenceu a fazer o curso de patchwork.

Projetos do atelier Canto que Encanta

Na primeira aula comprei a placa de corte e o cortador circular. Dá pra fazer sem eles, mas vendo as alunas trabalhando, vi como essas ferramentas eram práticas! Depois ela me pediu para escolher 4 tecidos para fazer a composição da minha colcha. Essa na verdade foi a etapa mais difícil. A variedade de tecidos era tanta, que era dificílimo de escolher. Ela viu que eu estava tendo dificuldade e logo foi me ajudar, 20 minutos (sim, demorei muito!)  depois escolhi minhas estampas!

Mas o que eu estava ansiosa mesmo era para pisar no pedal da máquina, e para a minha surpresa, A-D-O-R-E-I a experiência! Foi amor à primeira costura! Desde então não largo mais da minha máquina de costura. Olha, não vou dizer que aprender a costurar foi fácil, já quebrei trocentas agulhas (minha professora que o diga, né Fernanda?), tive que desfazer e refazer diversas costuras, porque nem sempre o acabamento sai como gostaríamos. Mas com um pouco de persistência, rapidinho agente vai peganho o jeito da coisa e as coisas evoluem bem. Acho que o curso valeu muuuito a pena!

Projetos de patchwork

Para quem mora em São Paulo e quiser entrar em contato com o atelier que frequentei, o “Canto que Encanta”,  Elas inclusive vendem tecidos importados lindos! Dá uma olhadinha lá, você vai entender porque eu demorei 20 minutos para escolher as 4 estampas.

Beijos!

Liana

 

Quer receber os posts da A.Craft no seu email?

Autor Liana Uehara

Mais posts por Liana Uehara

Participe da discussão 9 Comentários

  • Renata disse:

    Oi Liana! Descobri teu blog no fim de semana e estou encantada!
    Quero MUITO aprender a costurar, por enquanto só me arrisco nos bordados hehe
    Tenho um PAP de lembrancinha de Natal super fofa que eu faço e vendo. Posso te enviar as fotos?
    beijos!

    • lianauehara disse:

      Olá Renata!
      Fiquei super feliz com o seu comentário! Muito obrigada pelo seu carinho!
      Eu adoraria publicar o seu passo a passo! Toda dica é bem vinda aqui!

      Um grande abraço!
      Liana

  • Claudia Dayube disse:

    Adorei o post e como estou começando gostaria de uma dica de cursos no Rio de Janeiro. Obgda bjs

    • lianauehara disse:

      Olá Cláudia!

      Que ótima notícia, mais uma aprendiz de costureira para família!
      Não sei se você quer costurar por hobby ou por profissão, mas de qualquer modo, sei que o SENAI dá diversos cursos de costura (costura em máquina reta, costura para tecido plano, modelagem de malha e lycra, modelagem e encaixe no sistema audaces, modelagem feminina para tecido plano) na unidade de Petrópolis. Para informações de matrícula e agenda do curso, é só entrar neste link: http://www.cursosenairio.com.br

      Espero ter ajudado!
      Um grande abraço!
      Liana

  • Samy disse:

    Lendo todo o seu blog e vendo os posts maravilhosos. Mas sério trabalhei numa loja de tecidos para patchwork, 20 pra escolher 4 tecidos não é naaaaaaaaada! hahahahahahaha
    Pior era pra euzinha né, que deixava meu salário todo lá! hahahahah

    Um dia eu volto a costurar..

    Ah e você é uma fofa!!

    Beijos!!

    • lianauehara disse:

      Olá Sammy!
      Muito obrigada pelo “fofa”! =)
      Esses tecidos dão um prejuízo que não é brinquedo não! hahah!
      Eu tenho um armário cheinho de tecidos, uma mais lindo que o outro, mas não sei oque acontece, que nunca é o suficiente. Eu sempre consigo achar mais um espaço para caber mais alguns retalhos, é um vício!! rs!
      Adorei seu comentário!
      Um abraço!
      Liana

  • Isabel Feoli disse:

    OI Liana, gostei muito do teu blog! Diferente de ti, a costura sempre fez parte da minha vida: minha avó costurava, meu avô era alfaiate, minha mãe costura e pretendo também ensinar minha filha a costurar.Transformar um pedaço de tecido em um peça de roupa ou de decoração é uma arte!Não só nos dá prazer, como orgulho.
    Com tanta tecnologia ao nosso redor, qdo as mãos e as mentes só se ocupam em digitações frenéticas no Iphones e tablets, pensei que a costura seria aos poucos esquecida, mas felizmente esta mesma tecnologia está aproximando pessoas que são apaixonadas por esta arte.
    Abraço

    • lianauehara disse:

      Olá Isabel!
      Eu concordo plenamente com você e fico feliz que apesar da tecnologia acabar desviando um pouco o modo de nos relacionar, acabou facilitando o encontro de pessoas com mesmos interesses e de quebra ainda podemos compartilhar conhecimentos dicas com pessoas que nem conhecemos, mas que tem gostos muito parecidos.
      Eu amo costurar! Atualmente não estou costurando muito devido à falta de tempo, para variar, mas não tem problema, meus paninhos e a minha máquina de costura são muito pacientes comigo! rs!
      Um abraço Isabel! Muito obrigada pelo seu comentário e carinho!

  • iolanda f mendes disse:

    quero saber se tem este curso aqui no Rio de Janeiro, pois gostaria de faze lo, adoro patchwork.bj

Deixe uma resposta

Close Menu