Skip to main content
0

Sobre curtir as pequenas coisas extraordinárias

Recentemente recebi aqui no blog um comentário muito inspirador da Maria Luiza, uma mocinha de 10 anos, super inteligente. Ela escreveu assim: “Eu tenho 10 anos e amo brincar de boneca. Fico Criando roupas e moveis pra completar a casinha das minhas bonecas e eu acho que não trocaria minhas bonecas por nada e a maioria das meninas que conheço só gosta de celular mas eu prefiro boneca que celular“. Com certeza ela é das minhas!

Sobre curtir as pequenas coisas extraordinárias

Esse comentário me fez lembrar o quanto curti a minha infância. Eu, como sendo a irmã mais velha, era quem liderava as brincadeiras, organizava piqueniques cheios de aventura no jardim da minha mãe, construí uma sede para o nosso clube com caixas de papelão enormes, pelo menos é como pareciam na época; passava a tarde fazendo bugigangas com embalagens recicladas e à noite, quando meus pais chegavam do trabalho nós montávamos um mini bazar com a mesinha da sala e vendíamos para eles, fizemos um mini jornal com as notícias bombásticas do dia-a-dia do trio parada dura (eu e meus dois irmãos), teve um dia que fiz meu pai bater corda pra eu pular 500 vezes seguidas e até hoje eu acho que ele cansou mais que eu.

Sobre curtir as pequenas coisas extraordinárias-2

Puxa vida, como era bom… Precisávamos de tão pouco para nos sentir realizados. Outro dia vi uma frase em uma camiseta que achei o máximo, dizia assim: “As pequenas coisas são as mais extraordinárias“.
Não quero fazer um post com dicas pra presentear as crianças, que tal nos juntarmos à elas e criar, curtir, experimentar pequenas coisas extraordinárias? Simbora!

Muito obrigada pelo seu comentário Maria Luiza! Que bom seria se mais pessoas pensassem assim como você! 😉

Quer receber os posts da A.Craft no seu email?

Autor Liana Uehara

Mais posts por Liana Uehara

Deixe uma resposta

Close Menu